O conceito de Comfort Food está relacionado às lembranças que o cheiro ou o sabor de uma comida proporciona em nossas vidas, o que pode nos levar a cometer exageros.

13/10/2022 em Bem-estar. Escrito por José Sanchez

Comfort Food

Comida_Afetiva

Comida tem gosto e cheiro de saudades? Em alguns casos sim. Quem é que nunca sentiu aquele cheirinho de comida com gosto de infância, lembrando dos momentos felizes que corriam nos quintais da casa da avó?

Pode-se dizer que esse é um prazeroso momento gastronômico que tem um nome específico: Comfort Food. Claro que apesar do momento especial que o prato nos remete, é fundamental ter consciência nutricional.

Afinal, o prato pode ser calórico demais, e exige consumo com moderação. Mas independentemente de qual prato seja, a verdade é que o Comfort Food é um momento único capaz de marcar a nossa vida.

CARTÃO SANTANDER SX
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO SANTANDER SX

AMPLA COBERTURA
 
PONTOS
Um cartão para usar no dia a dia!
Você permanecerá no site atual

Conceito de comida afetiva

Conforme antecipamos, o Comfort Food é um conceito de comida afetiva que é aplicado normalmente às comidas simples, fartas e que de algum modo nos trazem algumas memórias gustativas.





ANÚNCIOS


ANÚNCIOS


De acordo com a chef de cozinha Lara Brittes, são comidas que elevam o ato fisiológico de comer a um estado de espírito. Ela destaca que são pratos que nos fazem sentir bem não apenas por saciar a fome, mas também pelas memórias trazidas.

Por isso são pratos que exigem uma atenção especial. Pois, como eles trazem essa memória afetiva, a chance de exagero se torna muito maior. Nicole Finoquio, nutricionista funcional e esportiva, destaca a importância de evitar exageros.

Ela ainda esclarece que há um gatilho mental que é disparado nesse momento que é a memória afetiva gerando uma fome emocional. Em vista disso, é preciso parar para analisar os motivos da “fome emocional” para evitar exageros.


Leia também:


Alimentação saudável deve ser o foco



ANÚNCIOS


Ainda que a comida afetiva nos traga boas lembranças e de vez em quando seja muito bom sentir essa sensação, nosso foco precisa sempre estar na alimentação saudável. Nesse sentido, a alimentação saudável deve ser encarada como uma mudança no estilo de vida.



ANÚNCIOS


Então ela não pode ser tratada como uma obrigação em seguir uma dieta. Por isso, deve-se identificar se você está comendo por prazer ou até mesmo satisfação pessoal, ou se realmente é por fome real.

Nicole ainda diz que uma boa estratégia para ter uma alimentação mais saudável e ao mesmo tempo sentir aquela sensação do comfort food é fazer substituição inteligente de alimentação.

Ela destaca que não é preciso abrir mão de um prato preferido no processo de reeducação alimentar, basta apenas adaptar alguns ingredientes. E isso pode ser feito na feijoada, no macarrão e na própria sobremesa.

Como fazer a substituição de ingredientes de forma inteligente?

Na feijoada você pode optar por uma versão vegetariana, adicionando o tofu em substituição aos miúdos, carnes e embutidos. Você também pode usar temperos naturais.

Caso você decida por uma feijoada tradicional, consuma pouca quantidade de miúdos e embutidos e adicione couve na refeição que é fonte de fibra e antioxidante. Além disso, faça um suco de abacaxi para acompanhar que tem bromelina que auxilia na digestão.

No caso da macarronada, opte pela massa integral, sem molho branco ou queijo amarelo. Ela pode ser feita, inclusive, com molho de tomate caseiro. Essa é uma forma de sentir aquela lembrança da casa da avó de forma saudável.

E na sobremesa substitua o açúcar refinado por adoçantes naturais como o xilitol. Se quiser, pode substituir pelo açúcar mascavo ou demerara em pouca quantidade. Eles preservam os nutrientes e minerais por não passarem pelo processo de refino.

De modo geral, é possível unir o Comfort Food com uma alimentação saudável, trazendo à tona boas lembranças do passado sem que elas sejam capazes de prejudicar a sua saúde. Gostou? Então compartilhe com a galera nas redes sociais.

Você também pode gostar... aproveite e leia também! :)

Ainda não conseguiu seu cartão? Nós te ajudamos!

>