Os exercícios físicos fazem bem tanto para o corpo quanto para a mente, pois liberam neurotransmissores relacionados ao prazer aliviando o estresse e a ansiedade.

17/10/2022 em Bem-estar. Escrito por José Sanchez

Exercício físico

Práticas_Esportivas_Faz_Bem_para_o_Corpo

Não é de hoje que todos sabemos como os exercícios físicos fazem bem para o corpo. Afinal, ele melhora os músculos, o sistema circulatório, respiratório e fortalece os ossos. Mas o que pouca gente sabe é os benefícios que ele traz para a mente.

Só para ter uma ideia o exercício físico libera neurotransmissores que acalmam a mente aliviando o estresse, a ansiedade e diversos outros problemas. Além disso, ele melhora a relação interpessoal.

Outro ponto positivo é que você se preocupa mais com a alimentação e por isso, acaba tendo uma vida muito mais saudável e com mais bem-estar. Por isso a prática de ao menos 1 hora de exercício diário é tão importante.

CARTÃO ITAUCLICK PLATINUM
CARTÃO DE CRÉDITO

CARTÃO ITAUCLICK PLATINUM

SEM ANUIDADE
 
AMPLA COBERTURA
Um cartão perfeito para o dia a dia!
Você permanecerá no site atual

A importância do esporte na vida humana

De acordo com Daniele Ignacio, pós-doutoranda em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o ser humano é um ser biopsicossocial. Por isso, nós precisamos desenvolver tanto a área biológica quanto a psicológica e social.





ANÚNCIOS


ANÚNCIOS


Além dos benefícios que o exercício proporciona a nossa saúde, ele também é um importante aliado para combater a depressão. Pois, depois dos 30 minutos de atividade, o corpo libera neurotransmissores relacionados ao prazer.

Segundo a especialista, esse fato faz com que os exercícios sejam recomendados para combater a depressão e eliminar a necessidade de medicamentos. Dentre os neurotransmissores liberados estão a endorfina e a serotonina.


Leia também:


A escolha de uma atividade prazerosa

Para que os neurotransmissores sejam liberados, é importante, porém, a escolha de atividades físicas que sejam prazerosas para quem a pratica. Mas o ideal é focar nos exercícios aeróbicos como caminhada, corrida e ciclismo.



ANÚNCIOS


Até porque essas atividades liberam uma grande quantidade dessas substâncias no corpo, provocando o prazer em quem as pratica. De acordo com o fisiologista Roberto Chiari, quando praticadas com regularidade, essas atividades trazem uma espécie de vício saudável.



ANÚNCIOS


Segundo Chiari, quando uma pessoa deixa de praticar o exercício físico por um determinado período, o corpo sente a falta dessas substâncias, e por isso a pessoa pode ficar muito mal-humorada.

Ele explica que o vício surge por conta de uma estrutura no cérebro conhecida como amígdala que normalmente é estimulada pelo uso de drogas, mas com o exercício físico acontece a mesma coisa.

Exercícios ativam áreas importantes do cérebro

Para Daniel Machado, pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Biologia Integrativa do Exercício da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, os exercícios físicos ativam as mesmas áreas do cérebro que estão envolvidas em tarefas cognitivas e intelectuais.

Em vista disso, eles trazem muitos benefícios indiretos para quem os pratica. E um hábito saudável estimula outro hábito. Então a pessoa também passa a ter uma alimentação melhor.

Entretanto, um dos maiores desafios é adquirir o hábito da prática esportiva. Pois, no começo elas podem causar estresse, dor e até mesmo cansaço, o que desestimula muitas pessoas a prosseguirem.

A importância de vencer a inércia

Ainda que no começo seja difícil, vencer a inércia é importante pois depois do primeiro mês de atividades, você começará a sentir prazer em se exercitar. Por essa razão é tão importante encontrar uma atividade que você goste de fazer.

O ideal também é manter uma frequência. Ou seja, não adianta fazer 3 dias de exercício em uma semana, 2 em outra, 1 em outra, depois 4 em outra. É preciso manter a regularidade treinando todos os dias da semana.

Para conseguir adotar o hábito o importante é não exagerar no exercício. Você pode começar com uma caminhada todos os dias, e aos poucos aumentar o ritmo na medida em que seu corpo se adapta à prática esportiva.

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos e parentes nas suas redes sociais e espalhe essa informação.

Você também pode gostar... aproveite e leia também! :)

Ainda não conseguiu seu cartão? Nós te ajudamos!

>